CONTATO COM A CÚRIA DIOCESANA

e-mail: mitradiocesanaluziania@yahoo.com.br
endereço: Av. Claro Carneiro de Mendonça, 199, Parque JK - Luziânia - GO
Fone/Fax:
(61) 3621-2022 ou 3621-2725
Bispo:
Dom Afonso Fioreze, CP

SEJA VOCÊ O REPÓRTER DE SUA COMUNIDADE

Participe desse blog! Seja autor, publique as informações de sua comunidade paroquial!
Interessados entrem em contato para serem cadastrados.

sábado, 26 de maio de 2012

Intolerância religiosa em Águas Lindas de Goiás



No dia 25 de Abril de 2012, em mais um ato de intolerância religiosa, evangélico tenta destruir à marretadas, imagem de Nossa Senhora Aparecida, em Águas Lindas de Goiás, padroeira do município.

Sob o pretexto de enviado de Cristo, intitulando-se membro da Igreja do Senhor Jesus (o que não podemos afirmar), o evangélico Rafael de Araújo Teixeira 19 anos, de porte de uma grande marreta destruiu o rosto e parte lateral da imagem de Nossa Senhora Aparecida que foi colocada no início da Av. JK, entrada do Jardim Brasília em Águas Lindas de Goiás. O evangélico só não concluiu seu intento de destruir por completo a imagem da Santa padroeira da cidade de Águas Lindas e do Brasil, porque foi prontamente contido por quase cem pessoas, que revoltadas queriam linchar o agressor, mas foram contidas pelos policiais militares da viatura 2252 CB Vieira e SD Geanilton, que chegando ao local deteram Rafael e pediram imediatamente reforço de mais três viaturas, controlando a situação. Rafael foi conduzido à delegacia tendo sua marreta apreendida, podendo responder pelo crime de destruição do patrimônio público, já que a imagem foi colocada pela Prefeitura Municipal.

Vemos constantemente o surgimento de novas igrejas com nomes para agradar a gregos e troianos, menos ao próprio Deus. A que leva qualquer manifestação de intolerância, que não seja a mais intolerância. Atos como este, retratam a verdadeira face de dos falsos profetas, que não conseguem atrair seguidores pelas sagradas palavras da Bíblia e inconformados tentam mostrar para seus seguidores que são capazes de abater o que para eles é o demônio, mas para outras religiões é o símbolo que representa a Mãe de Jesus .





Comunidade católica promoveu em 1º de maio, às 08h00 da manhã, na entrada do Jardim Brasília, uma missa campal em desagravo ao ato de vandalismo praticado contra a imagem da Santa padroeira da Águas Lindas de Goiás.

O ato do evangélico Rafael de Araújo Teixeira revoltou não só aos católicos, mas também a outros seguimentos religiosos que fizeram muitos comentários condenando o que classificaram como vandalismo e desrespeito. Até mesmo alguns evangélicos que disseram não concordar com a adoração de imagens, condenaram o ato do seguidor religioso.

A equipe da TV CMN, foi a única a fazer a cobertura no local do fato, inclusive registrando o momento em que o evangélico foi detido e conduzido a delegacia, sendo a primeira a divulgar a notícia, a qual teve repercussão em sites internacionais.

Os comentários acerca da presença da imagem na entrada do bairro comercial de Águas Lindas de Goiás são os mais diversos possíveis e agressivos. Vejam dois comentários:

Primeiro Comentário

" Carta de Protesto Nós evangélicos da cidade de Águas Lindas de Goiás, não aceitamos o fato do excelentíssimo prefeito da cidade senhor Geraldo Messias ergueu na entrada do Jardim Brasília um monumento religioso, do qual estamos descontentes, uma vez que o senhor prefeito foi eleito para administrar e não expor sua religião, pois vivemos em um país laico. E acreditamos que no mínimo a população deveria ser consultada acerca da exposição de tal monumento. Dessa forma, não ficamos satisfeito com a sua atitude de no início do seu mandato ter trocado o Padroeiro da cidade “Jesus Cristo” por nossa Senhora Aparecida, desrespeitando os evangélicos, que é uma grande parte da população da cidade, ou seja, o senhor prefeito não governa somente para os católicos nessa cidade, estamos em uma cidade com livre culto religioso e não somos obrigados a venerar as imagens católicas, pois adoramos ao Nosso Deus em templos sem incomodar a ninguém, foi o tempo em que éramos obrigados a aceitar essa situação ( Daniel 3).Admiramos os nossos vereadores “evangélicos” que aceitaram essa atitude do nosso excelentíssimo prefeito sem se opor a situação. Deus os deu livre arbítrio, cada um faz o seu querer, adora a quem quer, mas temos que respeitar a crença de cada um, e o senhor prefeito não pode colocar no meio da cidade uma imagem que foca a sua crença e desrespeita a outras crenças. Não admitimos o fato de o prefeito colocar essa imagem, com recursos públicos, vendo a precariedade das escolas, as ruas cheias de buracos, esse dinheiro que foi gasto com esse monumento poderia ser empregado em algo mais importante em nossa cidade. Essa carta é para mostrar que respeitamos a crença de cada morador da cidade, mais pedimos respeito, pois muitos evangélicos circulam diariamente na entrada do Jardim Brasília e agora seremos obrigados a ver a imagem, pedimos ao senhor prefeito que olhe também para os evangélicos que também foram seus eleitores e representa uma quantidade considerável na cidade. Bem aventurada é a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo ao qual escolheu para sua herança. Salmo 33;12. " Fábio Henrique da Silva

Segundo Comentário

O protestantismo tenta se levantar contra a igreja universal, igreja do senhor chamada igreja católica apostólica romana mas quero lhes dizer bem claro que Deus diz pedro tu es pedra e sobre essa pedra eu edificarei a minha igreja,veja a minha igreja jesus não disse as minhas igrejas ele falou só de uma então não adianta ignorantes protestantes,vim querer atacar a igreja de Cristo pois a palavra e claro que as portas do inferno não prevaleceram contra ela isso e palavra de Deus não adianta você que já foi católico e ta fazendo parte da igreja protestante saia hoje msm da maldição retorne a igreja do Senhor ainda a tempo saia da heresia ,catolicos não adoram imagensNossos queridos irmãos protestantes cismam em acusar a nós católicos de “adoradores de falsos ídolos”, “adoradores de imagens”, “idolatras”, entre outros títulos e rótulos. Isso se deve ao fato da ignorância dos mesmos sobre o que realmente representam as imagens para o povo de Deus. Ignorancia bíblica sobre o fato de o próprio Deus nos mandou construir imagens. Deixemos claro de uma vez por todas O CATÓLICO NÃO ADORA IMAGENS.Tanto no Êxodo como no Deuteronômio, a proibição de imagens refere-se à imagem dos deuses estrangeiros e não de qualquer espécie de desenho, pintura ou escultura. Trata-se de ídolos e de figuras de deuses falsos que tomavam formas de pessoas, animais, astros, etc e eram adorados como se estas fossem o prório Deus. Tanto é assim que o mesmo Deus mandou Moisés fazer uma serpente de bronze, que foi colocada num suporte e, vendo-a, os hebreus ficavam curados de suas feridas. Esta imagem da serpente era prefigurativa de Jesus pregado na cruz: “Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, para que todo o homem que nele crer, tenha a vida eterna” (Jo 3,14s). Além disso, Deus determinou a Moisés fazer dois querubins para cobrirem o propiciatório: Êx 25, 18s. Salomão, quando construiu o templo, mandou fazer também querubins e outras figuras várias, entre as quais leões e bois: I Re 7, 29. Nem por isso o templo foi do desagrado de Deus. As proibições impostas por Deus destinavam-se a proteger o pequeno povo de Israel, cercado de tantos povos idólatras e ele mesmo propenso à idolatria, do perigo dessa idolatria. Uma coisa é imagem, outra é ídolo.
Nossos queridos irmãos protestantes cismam em acusar a nós católicos de “adoradores de falsos ídolos”, “adoradores de imagens”, “idolatras”, entre outros títulos e rótulos. Isso se deve ao fato da ignorância dos mesmos sobre o que realmente representam as imagens para o povo de Deus. Ignorancia bíblica sobre o fato de o próprio Deus nos mandou construir imagens. Deixemos claro de uma vez por todas O CATÓLICO NÃO ADORA IMAGENS. Tanto no Êxodo como no Deuteronômio, a proibição de imagens refere-se à imagem dos deuses estrangeiros e não de qualquer espécie de desenho, pintura ou escultura. Trata-se de ídolos e de figuras de deuses falsos que tomavam formas de pessoas, animais, astros, etc e eram adorados como se estas fossem o prório Deus. Tanto é assim que o mesmo Deus mandou Moisés fazer uma serpente de bronze, que foi colocada num suporte e, vendo-a, os hebreus ficavam curados de suas feridas. Esta imagem da serpente era prefigurativa de Jesus pregado na cruz: “Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, para que todo o homem que nele crer, tenha a vida eterna” (Jo 3,14s). Além disso, Deus determinou a Moisés fazer dois querubins para cobrirem o propiciatório: Êx 25, 18s. Salomão, quando construiu o templo, mandou fazer também querubins e outras figuras várias, entre as quais leões e bois: I Re 7, 29. Nem por isso o templo foi do desagrado de Deus. As proibições impostas por Deus destinavam-se a proteger o pequeno povo de Israel, cercado de tantos povos idólatras e ele mesmo propenso à idolatria, do perigo dessa idolatria. Uma coisa é imagem, outra é ídolo. Esdra



FONTE:

http://tvcmn.com.br



Adaptação:

Candido Tolentino de Oleiveira - Pascom Águas Lindas de Goiás
Devanilson Álvares - PASCOM Diocese de Luziânia





2 comentários:

Diocese de Luziania disse...

Estou agora trabalhando com a Equipe da PASCOM da Diocese de Luziânia. Farei as coberturas de imprensa no município de Águas Lindas de Goias. Candido de Oliveira.

Alexandre disse...

Precisamos nos unir para superarmos estes momentos de intolerância religiosa que se faz presente em nosso Brasil, somente assim conseguiremos retomar a paz entre todos.

Postar um comentário

DIOCESE DE LUZIANIA
Evangelização e comunicação na internet
OBRIGADO PELA VISITA
BOTE FÉ DIOCESE DE LUZIÂNIA

DEUS TE ABENÇOE

>>> seja um autor de nosso blog e poste as notícias de sua comunidade paroquial.

 
| Design DEVANILSON | PASCOM | PASTORAL DA COMUNICAÇÃO | COORDENAÇÃO SHIRLAN (61)8485-4344 | Contatos sobre o Blog diocesedeluziania@gmail.com |